Downhill: O que é, como começar e mais.

Downhill: O que é, como começar e mais.

O Downhill, apesar de bastante popular, ainda desperta dúvidas para quem quer começar e ter adrenalina nessa variação do MTB. Para tirar todas as dúvidas, nós do Bicicleta para Todos, preparamos um artigo com as principais informações sobre a modalidade.

Existem muitas formas de se aventurar com sua Bike e uma delas é se envolver em esportes com práticas próximas umas das outras.

Se você é um Mountain Biker, por exemplo, o Downhill pode te agradar por ser feito em estradas de terra e oferecer ainda mais desafios.

Confira abaixo todas as informações que você precisa saber antes de começar: o que é, como são as competições, quais as melhores bicicletas e os acessórios necessários.

Conheça também outro esporte que envolve descidas e adrenalina, o pump track.

O que é o Downhill

 foto com legenda downhill o que é

O Downhill é uma modalidade derivada do Mountain Bike, um esporte que envolve competições para ciclistas que gostam de muita adrenalina em um percurso com obstáculos.

Essa modalidade, de forma mais simples, consiste em descer por terrenos íngremes com a maior velocidade possível, alguns ciclistas chegam a 80 km/h.

Para quem assiste, a descida pode parecer simples, mas, nesse caso exige muita técnica para passar em todo o percurso e sair ileso das pedras soltas, galhos de árvore, terreno irregular, etc.

História

O downhill nasceu antes mesmo do Mountain Bike ser conhecido como uma modalidade e ter seu nome popularizado.

Podemos afirmar isso, pois, o primeiro campeonato ocorreu na em Fairfax, na Austrália, em 1976, enquanto a primeira bike de MTB foi construída em 1978.

As bikes usadas eram praticamente iguais aos modelos de passeio, já que ainda não existiam versões específicas para descidas radicais. A única diferença eram os contrapedais.

Esse acessório exigia que os ciclistas pedalassem para trás quando precisavam reduzir a velocidade da bicicleta.

As competições oficiais começaram a surgir a partir de 1990 em Colorado, nos Estados Unidos.

No Brasil, a primeira competição de Downhill ocorreu apenas um ano depois, em 1991 usando bicicletas de cross country.

Como são as competições de Downhill

foto com legenda downhill competições

Como dito anteriormente, essa é uma modalidade em que o foco da prova são as descidas.

Inicialmente as competições ocorriam em terrenos livres de obstáculos, a adrenalina estava presente apenas na velocidade, mas, com o tempo, foram adicionadas maiores dificuldades e escolhidos novos percursos.

As competições exigem que os ciclistas desçam trajetos de aproximadamente 4 km e, podem chegar a 80 km/h.

Essa é uma prática individual, cada indivíduo desce duas vezes e a partir daí, é calculado seu desempenho e velocidade para decidirem quem é o vencedor.

Há um intervalo entre as duas descidas que varia entre 30 segundos e 2 minutos, isso poderá variar conforme o tipo de terreno e o percurso.

Um benefício é concedido a todos os competidores, eles podem analisar a pista uma vez por dia durante os dois dias que geralmente duram as competições.

Esse reconhecimento é feito a pé e, além de observarem bem o local, podem tirar fotos para analisar como serão suas técnicas na hora da prova.

Descer em linha reta é sempre mais rápido, mas, nem sempre é possível já que os terrenos onde ocorrem as práticas e competições são diferentes uns dos outros.

Muitas vezes, os ciclistas precisam passar por curvas fechadas, buracos, galhos de árvores, lombadas, etc.

Por isso, a evolução no esporte se dá na prática, que ajuda na construção de técnicas e maior possibilidade de vencer os campeonatos e até mesmo quebrar records.

Tipos de Downhill

foto com legenda downhill quais os tipos

Existem dois tipos de Downhill, o off road que é o original e, o urbano, um derivado que ocorre dentro das cidades descendo por obstáculos artificiais como escadas.

Confira abaixo um pouco mais sobre cada uma das versões e escolha qual a melhor para você começar.

Downhill off road

A versão off road é a convencional e mais ligada à natureza. Geralmente a prática é feita em estradas de terra e obstáculos naturais como pedras soltas e buracos.

Além disso, podem conter curvas fechadas e descidas que não oferecem a melhor possibilidade em linha reta, são mais variadas as opções de percurso para chegar ao fim da trilha.

Os locais são escolhidos em ambientes com terra batida e que apresentem muitos obstáculos para tornar o pedal ainda mais emocionante e testar os limites dos competidores.

Nessa versão, é ainda mais importante usar os acessórios de segurança, principalmente no rosto para evitar que pedras machuquem os olhos, por exemplo.

As dificuldades no percurso podem variar, além das curvas, o terreno pode ser escorregadio devido à lama, conter caminhos estreitos e mais.

Uma técnica muito usada pelos competidores é inclinar o corpo para trás afim de promover maior aderência na bicicleta e evitar quedas agressivas.

É necessário muito treino para conseguir manter a calma durante a prova e analisar todas as manobras que devem ser feitas durante o pedal.

Além disso, o competidor também precisará saltar pelos obstáculos em alta velocidade sem se desequilibrar ou cair.

Downhill Urbano

Outra versão do Downhill é o Downhill urbano, que, como o nome entrega, acontece dentro das cidades ao invés de trilhas de terra batida. Aqui as dificuldades serão outras.

Ao invés de buracos, lombadas, pistas estreitas e pedras soltas, os obstáculos são artificiais como escadas, rampas e muros em centros urbanos que comportam esse tipo de competição.

Com a implementação dessa versão urbana, o esporte ficou mais conhecido, já que ficou mais fácil de as pessoas acompanharem sem se locomoverem para estradas de terra isoladas.

No Brasil, há uma prova oficial que ocorre desde 2003 em São Paulo: A descida das Escadas de Santos.

O evento é realizado pela Confederação Brasileira de Mountain bike juntamente com a Liga de Ciclismo do Litoral do Estado de São Paulo. Além disso, essa prova é a primeira etapa do Campeonato Mundial de Downhill Urbano.

Como palco inicial do circuito, as Escadarias do Monte Serrat foram escolhidas com seus 417 degraus e 650 metros de extensão.

A partir de 2016, as provas passaram a ser realizadas nas Escadarias do Morro Pacheco que conta com 541 degraus e 600 metros de extensão, além de apresentar caminhos estreitos e um terreno muito inclinado.

Quais os acessórios para Downhill

foto com legenda downhill acessórios

Como toda modalidade esportiva, alguns acessórios são necessários para garantir o conforto e a segurança durante o trajeto. No Downhill não seria diferente, se você quer começar a praticar, precisará investir em alguns itens além da bike.

O primeiro e mais importante é o capacete, que, ao contrário do Mountain Bike e da modalidade speed, possui uma estrutura diferente e que protege todo o rosto.

Semelhantes aos usados no motocross, é conhecido como full face por proteger não somente o topo da cabeça, mas, o queixo, testa, bochechas e boca.

Você também precisará de óculos para bike, nesse caso, um modelo mais amplo conhecidos como “tipo Google” que protegem uma área maior ao redor dos olhos.

Esses óculos são indispensáveis devido à alta velocidade em que um ciclista de Downhill estará. O vento forte pode faz os olhos lacrimejarem e pode prejudicar a visão.

Outro acessório importante são as cotoveleiras, pois, durante o pedal, você precisará estar bem protegidos caso se desequilibre e caia, principalmente no início dos treinos.

Vale lembrar que as joelheiras também serão necessárias e terão a mesma finalidade das cotoveleiras.

As luvas para esse esporte deverão ser de cobertura total de forma que também envolva e proteja os dedos. Se você cair, o instinto de sobrevivência te levará a se apoiar nas mãos para não machucar o rosto.

Assim, sem luvas corretas, suas mãos poderão ser bastante prejudicadas.

Quanto a roupa, felizmente, já existem vestimentas próprias para a modalidade. Alguns ciclistas usam calças e outros preferem as bermudas por proporcionarem maior mobilidade e flexibilidade.

Proteger as pernas é tão importante quanto as outras partes do corpo, principalmente em uma modalidade que exige velocidade.

Por último, os coletes, que são requisitados pelas organizações das competições, já que uma queda no Downhill pode ser muito agressiva.

Qual a melhor bike para Downhill

foto com legenda downhill melhor bike

É muito difícil encontrar uma bicicleta própria para o Downhill, geralmente, quem quer iniciar no esporte compra o modelo mais adequado possível e adiciona peças para melhorar o desempenho.

Para isso, em primeiro lugar, você deverá dar preferência a um modelo full suspention de no mínimo 180 mm, ou seja, que apresente dupla suspensão. Caso não encontre, terá que implementar a traseira.

Bikes com suspensão dianteira são muito fáceis de encontrar, sua responsabilidade será comprar e instalar a segunda para ter maior estabilidade.

Dê preferência também aos modelos com trava, assim, você poderá desabilitar essa função quando julgar adequado.

O quadro deverá ser bastante resistente e, ainda assim, leve. Quem já pratica a modalidade, prefere quadros de carbono.

Dê preferência aos freios com evolução a partir do disco hidráulico por serem mais precisos, duráveis e adequados para quem pedala em alta velocidade.

Para escolher os pneus, antes é necessário saber em qual terreno você irá pedalar. Para trilhas de terra batida, por exemplo, os pneus mais largos são os melhores para garantir maior aderência no chão.

Por ter uma suspensão mais alta que as bicicletas de algumas outras modalidades, esses modelos construídos para o Downhill têm uma inclinação para trás que impede o ciclista de cair para a frente.

O que faz total sentido em um esporte que o foco principal são as decidas.

O aro dessas bikes geralmente são 26, mas, atualmente já são feitas pistas pensadas no aro 29.

O pedal pode ser tanto de clip ou modelo flat.

Diferença entre o Enduro e o Downhill

foto com legenda downhill ou enduro?

Com tantas modalidades para ciclistas, é normal surgirem algumas confusões com nomenclaturas e práticas.

O Mountain Bike, por exemplo, se divide em várias outras vertentes e duas delas são o Downhill e o Enduro, que podem ser facilmente confundidos.

O Downhill, como você já sabe a essa altura do artigo, é um esporte que consiste principalmente em descer montanhas (off road) e escadarias (urbano).

Além disso, os ciclistas precisam passar por obstáculos no caminho e usar muita técnica para se manterem firmes durante todo o trajeto.

A principal diferença entre essas duas modalidades está na estrutura da bike, no Downhill, as bicicletas possuem dupla suspensão, além de serem maiores que as de Enduro.

Isso porque no Enduro os ciclistas não só descem como sobem morros, então, precisam de especificações diferentes para se saírem bem nas competições.

Outra diferença marcante é aro recomendado para os ciclistas que querem ingressar nas modalidades, enquanto no Downhill é comum aros 26 e 29, no Enduro encontra-se mais o aro 27,5.

No Downhill os saltos também costumam ser mais altos e longos, por isso, as marchas e o cassete, por exemplo, são diferentes, além de os pneus serem mais finos.

O principal motivo pelo qual essas modalidades são tão confundidas é pelo fato de que ambas levam em consideração o tempo de descida.

Entretanto, lembre-se de que no Enduro também é levado em consideração o esforço que os ciclistas fazem para realizar as subidas, que também são feitas pedalando.

Já no Downhill são usados veículos motorizados para subir as bicicletas pelos morros.

O capacete no Enduro é mais aberto para tornar confortável a respiração durante as subidas.

Como começar no Downhill

foto com legnda downhill como começar

Após todas essas informações sobre o esporte, já é possível ter uma noção do que você precisará para iniciar no Downhill.

Antes de tudo você deverá escolher se quer praticar a versão off road ou urbana, assim, será mais fácil entender como deverá ser a bicicleta e quais os acessórios necessários para a sua segurança.

Sabendo bem para onde seguir, escolha uma boa bike para iniciantes na modalidade com o máximo de peças que se enquadram bem nesse tipo de pedal.

Escolhendo bem a bicicleta, pesquise e compare preços dos acessórios de segurança para evitar machucados sérios principalmente no início, quando você ainda estará desenvolvendo as técnicas para aprimorar seu desempenho.

Busque perto de você pessoas que já praticam o Downhill para conseguir dicas de quem já tem experiência.

Outra dica é buscar vídeos e relatos no Youtube com informações importantes sobre o Downhill na prática.

Seguro para a sua Bike

foto com legenda bikes para downhill são caras, contrate um seguro

As bicicletas adequadas para Downhill podem chegar a um valor alto de aproximadamente 50 mil reais, por isso, para quem está começando, o melhor é comprar uma bike mais simples e adicionar peças melhores.

E quanto melhor você for, melhor precisará ser sua bike de forma que tudo corra bem durante o percurso.

Modelos de valor tão altos assim, exigem um bom seguro principalmente em casos de acidentes e furtos.

Recomendamos que você já comece a considerar algumas empresas e se programe para contratar uma delas para se manter ainda mais protegido.

E então, o que você está esperando para começar? Siga nossas dicas e seja cada vez melhor no Downhill.