Bikepacking: O que é e Como Fazer? Guia Completo Por Ciclistas

Bikepacking: O que é e Como Fazer? Guia Completo Por Ciclistas

Já ouviu falar em Bike Packing? Nós, da equipe do Bicicleta para Todos, fizemos um artigo explicando sobre a modalidade e tirando as principais dúvidas.

Viajar com a bike, sozinho ou acompanhado oferece diversas vantagens para o corpo e para a mente. E, se você gosta de pedalar, por que não organizar uma viagem mais longa com sua magrela?

Para quem quer se aventurar aproveitando melhor o percurso e em bastante contato com a natureza, a bicicleta é uma ótima opção, além de oferecer a vantagem da economia financeira.

foto com legenda o que é bikepacking

Bike Packing: O que é

Bikepacking é o nome dado às viagens feitas usando a bicicleta, algo parecido com o cicloturismo, entretanto, envolve um pouco mais de pedal que a opção anterior.

O termo “packing” vem do inglês empacotar, estando diretamente ligado às pequenas bolsas conectadas na sua magrela ao realizar a viagem

É claro que, geralmente, esses percursos são mais curtos que os feitos quando viajamos em carros, motocicletas e aviões, por exemplo. A bagagem aqui deverá ser menor e mais compacta.

Isso porque bicicletas são meios de transportes mais leves, por isso, não suportarão muito peso como porta-malas de um carro. Você deverá escolher bem o que levar e organizar adequadamente o que precisará na ida e na volta.

Além das pequenas bolsas, você poderá levar consigo uma mochila de forma que comporte mais itens como roupas ou lanches para viagem. Além disso, caso você precise acampar, uma barraca e sacos de dormir serão necessários.

Ao contrário do bikepacking, no cicloturismo a bike é usada para conhecer locais interessantes quando os ciclistas já estão no destino, portanto, você pedala menos e não precisa levar muitos itens na saída.

Porém, para os que gostam de sair com a bike, pedalar um pouco mais, sabendo que poderá realizar paradas para descanso e alimentação. Assim, o caminho não será tão cansativo e você terá uma pausa para que suas pernas não formiguem ou fiquem doloridas.

Pealar oferece diversos benefícios e ciclistas podem aproveitar dessas vantagens pedalando, no mínimo, 30 minutos por dia. Em pedais longos, seu corpo se fortalecerá ainda mais.

O que levar para a viagem

foto com legenda o que levar

Essa não é uma pergunta de resposta difícil, já que nessa viagem é possível levar os mesmos itens de uma viagem comum. Mas, faremos uma lista para que você não esqueça de colocar algum pertence na bolsa ou mochila.

Em primeiro lugar, organize seus principais documentos de identificação para a viagem.

Esses documentos podem ser uma carteira de habilitação de motorista, a sua identidade, passaporte ou qualquer outro documento com sua foto, de forma que você seja facilmente identificado caso necessário.

Outro item que você não pode se esquecer é o seu cartão do SUS, caso tenha um, dessa forma, caso ocorra qualquer acidente ou, caso você se sinta mal durante a viagem, poderá se dirigir ao pronto-socorro mais próximo de onde estiver.

Leve também sua carteira de vacinação ou a tenha no formato digital, pode ser necessário apresentar ao entrar em algum estabelecimento.

Saindo dos documentos de identificação e saúde, lembre-se dos seus itens de higiene pessoal como escova de dentes, desodorante, perfume se gostar de usar e, sabonete.

Esse último, recomendamos que você compre e leve uma versão líquida, por ser melhor para armazenar no pós-uso em viagens.

Além dos itens de higiene pessoal, você deverá organizar suas roupas por pares. Determinada blusa para determinado bermuda, por exemplo. As peças intimas também deverão ser consideradas relacionadas à quantidade de tempo que você estará fora de casa.

Essa etapa pode ser difícil para alguns ciclistas, o ideal é levar apenas o necessário para que você não leve peso em excesso e ocupe o espaço que poderia ser destinado a outro item.

Lembre-se de levar lanternas a pilha caso vá acampar no percurso. Além disso, leve também uma bateria portátil 100% carregada para o seu celular e, se certifique de que estará com o plano de internet ativo.

Se você pretende acampar, deverá levar a barraca e os saco de dormir, já que são essenciais para quem vai pernoitar ao ar livre.

Outra opção é garantir sua estadia em pousadas no destino e, durante o percurso. Facilitaria seu pernoite e dispensa o uso de itens como toalhas ou, sabonetes.

Veja nosso artigo com os principais acessórios para ciclistas.

Que tipo de Bicicleta Usar

foto com legenda qual bicicleta usar

Ao contrário das modalidades esportivas que envolvem a bike, o bikepacking não exige um modelo de bicicleta específico para pedalar. Você poderá usar qualquer tipo de magrela para viajar e aproveitar o percurso.

Você poderá usar a bike que já tem em casa. Mas, se você pretende comprar uma, listaremos os benefícios dos principais modelos logo abaixo.

As bicicletas equipadas com bagageiro e cesta são as melhores, já que esses compartimentos oferecem maior possibilidade de comportar itens na sua viagem.

Bicicletas assim geralmente são os modelos urbanos. Essa categoria é pensada para quem pedala na cidade e não enfrenta obstáculos fora lombadas e pequenos buracos.

Essas bikes são baratas e podem ser compradas investindo pouco em lojas virtuais ou físicas como no caso da Caloi Velox, por exemplo. Um modelo que, além de bonito esteticamente, oferece peças de boa qualidade e longa durabilidade.

As bicicletas de Mountain Bike são mais uma opção de compra. Esses modelos são bastante resistentes e é o que recomendamos se o seu percurso envolver estrada de terra, também conhecida como estrada de chão.

Em percursos assim, você precisará de uma magrela mais forte de forma que suporte todos os obstáculos encontrados no caminho sem trincar ou deixar você na mão com o dano de alguma peça.

Outro modelo bastante buscado é o usado na modalidade speed. Essas bicicletas são mais caras, entretanto, duram por muitos anos com os cuidados adequados.

São produzidas para serem ágeis, dessa forma, são fabricadas usando materiais resistentes, porém leves para que o peso não atrapalhe no pedal.

Dicas para escolha do destino

foto com legenda escolhendo o destino

Se você quer pedalar até um local turístico como cidades litorâneas, o melhor é viajar nas baixas temporadas, pois, você encontrará pousadas com preços mais baixos e que, ainda assim, ofereçam conforto.

As baixas temporadas ficam distantes das datas comemorativas, quando as pessoas estão trabalhando ou, retornando de suas viagens organizadas para as festas.

Evite fazer seu bikepacking durante as festas de fim de ano que ocorrem no mês de dezembro ou durante os festejos juninos, ou, julinos.

O ideal é que você se planeje durante um final de semana, saindo na sexta e retornando no domingo. Assim, seu percurso precisará ser curto. Uma cidade próxima ou, um local de acampamento que não seja tão distante da sua casa.

Essa é uma ótima dica se essa é a sua primeira viagem de bike, o ideal é aumentar a distância gradativamente para que seu corpo acostume com a nova atividade e você não canse rapidamente.

Além disso, essa, assim como as outras modalidades de viagem, é um percurso que deve ser bem-planejado, considerando as paradas e organizando bem o pernoite.

Use o seu celular para pesquisar no Google mapas, ou outros aplicativos para ciclistas, algumas rotas e trajetos que pode ser interessantes e agregar para a sua viagem.

Locais em que você possa desbravar o terreno e tirar boas fotos para ter como recordação.

Se você quer visitar algum local usando a bike, mas, ainda não se sente seguro (a) para pedalar durante todo o trajeto, uma boa opção é começar com o cicloturismo.

Compre um suporte de bike para carro que seja possível instalar no seu carro e, pedale ao chegar no destino. Será possível conhecer os lugares com mais calma e movimentar o corpo, em simultâneo.

Viajando sozinho VS Viajando em par ou grupo

foto com legenda sozinho ou em grupo?

Se você está em dúvida se faz o seu bikepacking sozinho (a) ou acompanhado (a), listamos alguns benefícios e desvantagens de cada opção para que você consiga escolher melhor.

Sabendo que ambos têm lados positivos e negativos, decidimos analisar melhor cada um para quem está em dúvida sobre pedalar sozinho ou em grupo.

Viajando sozinho

Ao viajar sozinho, você aproveita melhor sua companhia e, chefia sua viagem, fazendo exatamente o que quer e o que parece bom para o seu conforto e segurança, sem responsabilidade com outro indivíduo.

Viajar sozinho ao menos uma vez na vida é muito benéfico para o cultivo do amor próprio e o autoconhecimento. Assim, você conseguirá organizar ideias e pensamentos, além de conseguir elaborar práticas para alcançar seus objetivos.

Entretanto, além de não ter com quem conversar sobre a viagem, você também arrisca estar sozinho em alguma adversidade como acidentes ou mal estar.

Colecionar memórias com outros indivíduos é tão importante quanto ter nossas experiências individuais.

Viajando em grupo

Ao viajar em grupo ou em dupla, você garante que a diversão será potencializada, pois, com tantas experiencias e pontos de vista, há sempre situações que marcarão a viagem.

Além disso, você estará seguro (a)e terá alguém para ajudar caso necessário. Contar com o conhecimento de outro ciclista e possibilita outros pontos de vista também trará benefícios à viagem.

O lado negativo é possivelmente ter que acompanhar o ritmo da outra ou outras pessoas que podem ou não ser iguais aos seus. Outra desvantagem é que viagens em grupo tendem a gerar estresse devido às opiniões distintas.

Qual a melhor época para viajar

foto com legenda quando viajar

A melhor época para viajar é bastante pessoal. Há pessoas que preferem estações mais frias, enquanto outras, principalmente as que pretendem visitar a praia, preferem as estações mais quentes.

Há também o adendo da disponibilidade. A melhor época para você será quando você puder viajar com tranquilidade, sem se preocupar com o trabalho, escola ou, faculdade.

É claro que, para ciclistas, as temporadas chuvosas não são muito adequadas, então, você deve evitar essa época. O ideal é conferir na previsão do tempo da sua cidade e da cidade onde você escolheu para ser o destino.

Evite também, como recomendado anteriormente, a alta temporada de viagens para economizar na sua.

Outra dica importante é caso você queira visitar um ponto turístico específico na sua viagem. Confira se estará aberto para visitação, pois, algumas atrações entram em recesso em determinadas épocas.

Lembre-se também de verificar se o seu percurso é seguro para pedalar. Em alguns trechos são comuns ocorrerem assaltos, por isso, o melhor é evitar estar na estrada durante a noite.

Essa dica deve ser usada principalmente em terrenos se o seu trajeto envolve estradas de chão, já que com a maior presença de árvores, será fácil ser surpreendido por um assaltante.

Saiba como escolher o melhor capacete.

Benefícios de viajar com a bike

foto com legenda benefícios da bike

Viajar com sua bike pode promover diversos benefícios à sua saúde mental e física.

Um ótimo exemplo é o aumento da resistência física, já que, pedalando cada vez mais, seu corpo se adaptará cada vez com maior facilidade aos longos percursos.

Além disso, pedalar é uma excelente opção para quem quer perder peso e reduzir medidas. Por ser uma atividade física, sair com a bike fará você transpirar e eliminar a retenção de líquidos, além de queimar gordurinhas localizadas.

Outro benefício é pedalar em contato com a natureza e observar a dinâmica urbana, distraindo sua atenção de problemas ou estresses, dessa forma, sua mente ficará limpa e será possível organizar melhor as ideias.

Pedalar em grupo cria memorias incríveis para a sua jornada como ciclista, além de ser uma excelente forma de socializar e conhecer novas pessoas com interesses iguais aos seus.

Pedalar também tonifica os músculos, para você que é fã dos cuidados com a estética física e também investe em outras atividades físicas indo à academia ou ao crossfit, por exemplo.

Além disso, é uma atividade econômica e barata. Sem falar na facilidade para estacionar.

Dicas importantes para a viagem

foto com legenda dicas importantes
  • Verifique se colocou todos os itens recomendados para a sua viagem. O ideal é fazer uma lista alguns dias antes e riscar o que já foi adicionado nas bolsas.
  • Não esqueça de levar os materiais de higiene pessoal e os carregadores para celular;
  • Não fique sem internet no percurso, antes da viagem, contrate um pacote adicional de internet caso você não tenha;
    Antes de realizar o percurso, verifique se a sua bike não precisa de manutenção. Limpe as correntes, verifique os freios e tenha um selim confortável. Você pedalará por horas;
  • Evite pedalar durante a noite em pistas e estradas desertas, pois, assim, você estará vulnerável a assaltos e furtos. Garanta sua segurança;
  • Calibre bem os pneus e leve uma câmara de ar reserva ou, use a modalidade de pneu tubeless;
  • Se for pernoitar em pousadas, ligue com antecedência para garantir o seu quarto e evitar estresses;
  • Se for pedalar em grupo, não se atrase e respeite o tempo de pedal do grupo;
  • Em pistas asfaltadas, pedale sempre no acostamento.

Desejamos uma boa viagem e esperamos que não tenha restado nenhuma dúvida! Até a próxima.