Melhores Lugares e Parques para Pedalar em Porto Velho - RO

Melhores Lugares e Parques para Pedalar em Porto Velho - RO

Está pensando em conhecer alguns pontos de Porto Velho pedalando? Nós do Bicicleta para Todos preparamos uma lista com as melhores opções locais. Confira a seguir.

Porto Velho é uma das muitas capitais brasileiras que apresenta diversos pontos turísticos e uma história marcante que acompanha aspectos da agricultura do Brasil.

E, para quem quer pedalar, nada melhor que conhecer um pouco sobre alguns pontos antes de montar o roteiro e sair de bike para observar melhor a arquitetura e paisagismo local.

No artigo abaixo, você poderá conferir algumas opções de passeio dentro da cidade e, algumas trilhas para fazer na região metropolitana um pouco mais distantes do centro.

Estrada de Ferro Madeira Mamoré

A Estrada de Ferro é uma das atrações turísticas de Porto Velho e o nome já diz tudo sobre o que você encontrará por lá.

O local fica ao lado do Rio madeira e foi reformada em 2021 em parceria da Santo Antônio Energia com a Prefeitura da cidade.

A estrada é um ótimo lugar para quem gosta de ambientes naturais com muito paisagismo e, para quem ama tirar fotos conceituais e totalmente originais com um fundo natural incrível.

A ferrovia local é usada para levar cargas e o plano de reforma contava com praça de alimentação e feirinha de artesanato para você conferir.

Recomendamos que você faça visitas durante o dia por não sabermos se há câmeras e como funciona a iluminação noturna.

Pedalar à noite pode ter complicações.

Se você tiver sorte, poderá tirar fotos próximas á locomotiva e ter ainda mais fotos no seu portfólio de visita ao local.

Praça dos Seringueiros

A Praça dos Seringueiros é mais uma opção para quem quer conhecer um pouco mais sobre a cidade ou, está procurando um roteiro diferente para ir de bike.

A praça é, na verdade, um memorial dedicado aos seringueiros, também chamados de soldados da borracha, e a ideia aqui é você pedalar até o local e voltar para casa.

O monumento está localizado em uma das avenidas principais, muito fácil de encontrar.

O pedal até lá será por pista asfaltada, não se preocupe com obstáculos, mas, sempre pedale próximo dos acostamentos para evitar acidentes com outros veículos.

Ao chegar no destino, você poderá descansar nos bancos e tomar fôlego para retornar ao local de partida.

Essa é mais uma área histórica que relembra e mantém viva a história de do Estado que é ligada diretamente aos homens que exploravam a Amazônia para retirar o látex.

A praça foi construída em um cruzamento, onde antes era usado para realizações particulares.

A estátua central e as esculturas complementares trazem todas itens relacionados aos seringueiros, para frisar bem a importância desses indivíduos para a população local.

Indo com sua bike, além de conhecer o monumento, você também poderá observar um pouco mais da cidade com calma e paciência movimentando seu corpo.

Palácio Getúlio Vargas

Se você é antenado em História, principalmente em História do Brasil, recomendamos a visita ao Palácio Getúlio Vargas em Porto Velho – RO.

O prédio é um local de preservação histórica de Rondônia, não é a toa que fica na capital.

Após conhecer o Palácio, você poderá pedalar até a praça Getúlio Vargas, onde está o Obelisco da Independência e conhecer ainda mais sobre a história local.

O local é bem arborizado e fresco, você poderá descansar antes de pedalar de volta para o início do seu percurso.

Se você mora na cidade ou pretende passar alguns dias por lá e gosta de conhecer elementos históricos sobre o nosso país, é uma opção muito interessante para visitar com sua bicicleta urbana.

Caso queira conhecer o interior da estrutura, não se esqueça de conferir os horários de funcionamento e agendar com um funcionário local.

O Palácio leva o nome do ex presidente do Brasil por ter sido ele o responsável por delimitar o território do Estado, é uma homenagem.

O prédio é extenso e levou cerca de 8 anos para ficar pronto com o objetivo de ser a cede do governo, um dos prédios oficiais da cidade. Sendo o primeiro governador, Aloísio Ferreira.

Praças das Três Caixas

A Praça das Três Caixas D’água é mais um ponto turístico de Porto Velho para quem quer conhecer um pouco mais sobre a história local e tirar ótimas fotos.

A construção, importada dos Estados Unidos, foi idealizada o objetivo de abastecer a Estrada de Ferro Madeira Mamoré e famílias que moravam próximas à praça.

Todas as caixas com capacidade para armazenar 200 mil litros de água e funcionaram durante 40 anos, sendo desinstalada depois para ser uma praça de preservação.

A localização é bem perto a diversos outros pontos da cidade como a Avenida 7 de Setembro, um dos maiores centros comerciais.

Além do Rio Madeira que você pode unir as visitas e conhecer vários pontos em simultâneo com um pedal mais extenso.

A praça é bastante movimentada principalmente por estudantes já que diversas escolas foram construídas ao redor.

É usada também pelos artistas locais para shows e exposições, além de protestos e manifestações.

A construção é tão conhecida na cidade que é palco do início de alguns blocos no carnaval.

Frequentada também pelas famílias locais para caminhadas ou, para tirar foto. É o destino principal dos turistas e visitantes da cidade.

Não deixe de conferir!

Espaço Alternativo

O Espaço Alternativo é famoso pela passarela inaugurada em 2018, o espaço é muito visitado todos os dias por ciclistas e indivíduos com seus animais ou se exercitando.

A passarela é extensa e se transformou em um dos cartões postais da capital, graças ao seu design autêntico e ao material resistente a ferrugem que foi usado na construção.

Sua construção foi pensada para oferecer uma alternativa de retorno de veículos, mas, acaba sendo mais útil aos pedestres.

Uma ótima dica é pedalar até lá e continuar o pedal para conhecer toda a extensão e arquitetura da construção. É um ótimo cenário para fotos, principalmente aos turistas.

Outra atração local é a instalação de uma réplica da locomotiva usada na Estrada de Ferro, além disso, lá estão o Portal e os letreiros com nome da cidade.

A arquitetura local é impressionante, algo nunca visto em nenhum outro estado brasileiro, e em frente, há uma pequena praça com bancos para descansar.

Essa é uma ótima opção para visitar tanto durante o dia quanto durante à noite, após escurecer, você poderá conferir a iluminação fantástica instalada no local.

Além disso, à noite a passarela continua bem movimentada, se tornando seguro para quem visita ou passa por lá.

Catedral Metropolitana de Porto Velho

Se você quer um pedal urbano tranquilo para conhecer um dos pontos mais importantes de Porto velho, essa pode ser uma boa opção.

A Catedral foi construída em multirões, foram muitos anos para estar pronta. Os materiais da construção eram levados do rio ao ponto onde hoje é o ponto histórico da cidade.

Sua construção está realmente ligada à história de Rondônia. A reforma também foi feita com a ajuda da comunidade local.

A área interna da Igreja é belíssima e, se você é católico (a), vai gostar de visitar.

Além de uma ótima iluminação, o interior é sofisticado com pinturas ligadas à religião e à história do Estado de Rondônia.

Um dos pontos principais está a Imagem dos Corações de Jesus, colocada no altar central da catedral, imagem essa que foi levada do Rio de Janeiro na década de 40.

As pinturas da cúpula são feitas à óleo e ilustra a Amazônia brasileira que encanta a todos os visitantes.

Em volta da construção há uma praça pequena e delicada, por onde passam diversas pessoas todos os dias.

Se você preferir, pode participar das missas, confira os horários com a equipe da catedral.

Bônus: Lugares Próximos à Cidade

Confira abaixo 3 lugares interessantes para quem gosta de trilhas e está disposto a ir um pouco mais longe.

Todas as três alternativas, sendo paga ou gratuitas, estão localizadas em Porto Velho, entretanto, ficam mais distantes do centro urbano da cidade.

Balneário Rio das Garças

O balneário Rio das Garças é um Parque rústico para visitar em Porto Velho, apesar de não ficar realmente dentro da cidade, é fácil de chegar.

O espaço conta com restaurantes, então, não precisa se preocupar com as refeições, principalmente por essa visita ser recomendada para passar o dia.

São diversos rios e espaços com água corrente que, em época de chuvas, aumenta o volume e cobre algumas partes da terra que são expostas em outras estações.

Além de ser uma opção tranquila e barata de passeio, é uma alternativa para quem quer pedalar em estrada de chão e conhecer um dos pontos mais visitados da região.

A paisagem natural encanta a todos e, durante a semana são ainda mais tranquilos por ser menos visitado.

Infelizmente em algumas áreas há muito lixo, provavelmente jogado por alguns visitantes, mas, isso não anula a beleza dos balneários.

Há cachoeiras em águas limpas onde é permitido tomar banho, então, leve roupa de banho.

O ponto positivo para ciclistas são as trilhas disponíveis para pedalar, você poderá se aventurar pelas estradas até conhecer todos os balneários, se preferir.

Além disso, é uma opção para toda a família, então, se você é visitante em Porto Velho e não sabe onde se divertir, confira o Balneário Rio das Garças.

Parque Natural de Porto Velho

O Parque Natural de Porto Velho é uma ótima opção para toda a família entrar em contato com a natureza e realizar atividades que fogem da rotina.

Está localizado a 15 km da área urbana em 400 hectares de mata fechada para explorar. É muito fácil de encontrar.

Dentre as possibilidades de atividade, está a academia ao ar livre, como aquelas que vemos nas praças de centros urbanos.

Se você quer fugir um pouco da rotina caótica da cidade, recomendamos a visita desse lugar atrativo e tranquilo para passar o dia.

O bosque é o principal atrativo do local, você poderá fazer piqueniques ou, apenas deitar e descansar curtindo o som da natureza.

Para as crianças, está disponível o playground, onde poderão gastar energia e se entreter em uma atividade segura.

O museu Natural é outra possibilidade principalmente para quem gosta de história ou geologia. Os animais que estão lá foram doados para exposição.

As trilhas são as melhores atividades para quem quer pedalar, explorando muito o ambiente e conferindo a flora local.

Salsalito

O Salsalito é um lugar incrível indicado para quem gosta de natureza e, de somar novas experiências em viagens.

Indicamos também para você que já mora em Porto Velho e quer dar um rolê diferente.

Está localizado às margens do Rio Jamari e é muito visitado por turistas que estão na cidade que buscam conforto e atividades radicais.

Para ir, recomendamos que você se organize para passar o dia ou, quem sabe, o fim de semana aproveitando todas as atividades oferecidas pela equipe do local.

São disponibilizados chalés para pernoite, confira os valores antes de ir e se prepare financeiramente.

Por lá, você poderá ir na tirolesa que finaliza dentro do lago, além de outras atividades que deixam os visitantes em contato com a água.

Há também a possibilidade de andar à cavalo. Seja consciente e evite puxar a rédea ou chicotear o animal, pois, essas ações o machucam.

Para quem quer pedalar, o ideal é levar a sua bike e aproveitar as trilhas disponíveis no espaço, lembre-se de levar o capacete.

Trilha para Gruta Azul

  • Endereço: Av. Rio Madeira sentido norte

A trilha para a Gruta Azul está localizada longe do centro urbano de Porto velho, mas, é uma opção válida para quem quer um pouco de adrenalina em um MTB leve.

O lado positivo do percurso é que pode ser feito por crianças, além de ser perfeito para quem quer movimentar o corpo em contato com a natureza.

O local é em área verde e há estrada aberta para pedalar, entretanto, alguns trechos são estreitos e você encostará nas árvores.

São muitos galhos, então, se prepare para desviar com frequência durante o pedal para não se arranhar ou se machucar.

O trajeto, apesar de leve, é bem interessante, mesmo que para MTB iniciantes, são buracos, subidas e descidas por toda a extensão.

Tenha bastante cuidado, pois, se você for em período chuvoso, a estrada poderá estar escorregadia em decorrência da lama.

Para chegar até a gruta, em determinado local, você precisará deixar a bike e descer a escada, não se preocupe, não ficará longe.

Essa gruta é um dos pontos turísticos de Porto Velho graças à coloração azulada, além disso, é conhecida também por ter jacaré e morcegos.

Em determinada época do ano, é possível ver uma cachoeira pequena que se forma no local.

Gostou das nossas dicas? Pegue sua bike agora e confira essas alternativas em Porto Velho, mas, antes de ir, confira nosso artigo sobre a Safeway, uma bike urbana barata!