Guia de Como Limpar Corrente de Bicicletas (sem se sujar muito!)

Guia de Como Limpar Corrente de Bicicletas (sem se sujar muito!)

Limpar a corrente de bicicleta não precisa ser uma tarefa chata. Com as dicas que separamos para você, esse processo vai ser bem mais simples e sem tanta sujeira!

Todo ciclista sabe que a corrente é um dos componentes mais importantes de uma bike. Por isso, se deve ter uma atenção especial para ela.

Assim, você deve limpar a sua corrente com frequência, de forma que isso ajude a aumenta a vida útil dela e de todo seu sistema de transmissão.

Essa, no entanto, é uma tarefa que muitos ciclistas postergam. Tanto por achar que vai demorar demais, quanto pelo medo de se sujar muito no processo.

Hoje, vamos te explicar dois modos de limpar a corrente de bicicleta sem se sujar muito e algumas dicas que você precisa saber para preservar bem a corrente da sua bike!

Com que frequência devo limpar a corrente da bike?

A frequência com que a limpeza da corrente ocorre depende bastante de como é o uso da sua bicicleta.

Quem utiliza a bicicleta diariamente em vias urbanas (por exemplo, como meio de transporte na rotina), deve fazer a limpeza da bicicleta pelo menos uma vez ao mês.

Quem faz trilhas com frequência e enfrenta chuva, lama e está sempre em contato com a natureza pela bike, deve realizar essa limpeza com uma frequência ainda maior.

Além disso, a recomendação é limpar a corrente da bike sempre que fizer uma trilha mais pesada. Algo que muitos ciclistas MTB desconsideram!

Se você utiliza a bike apenas para momentos de lazer e aos fins de semana, não precisa se preocupar com tanta frequência, mas ainda assim é necessário limpar sempre que possível, não deixando acumular sujeira por muito tempo.

De qualquer modo, o ideal é que você troque a corrente da bike a cada 2 anos. Pois, este é o seu período de vida útil.

Melhores formas de limpar corrente de bicicleta sem se sujar

Existem muitas técnicas por aí ensinando como limpar a corrente de sua bicicleta. Mas, geralmente, há dicas que podem acabar prejudicando a sua bike!

Por exemplo, é o que acontece quando recomendam limpar a corrente com gasolina ou óleo diesel!

De fato, a recomendação ideal é que você busque uma oficina especializada para bikes na hora de realizar esta limpeza. No entanto, sabemos que isso pode pesar no orçamento, tendo em vista que esta é uma tarefa que precisa ser feita com muita frequência.

Mas não precisa se preocupar!

Você mesmo pode fazer a limpeza da corrente de sua bicicleta em casa de forma bem tranquila e sem fazer muita sujeira. Vamos te ensinar dois métodos para isso!

Melhor método para limpar corrente sem se sujar

A melhor forma é você investir em uma máquina de limpar corrente de bicicleta.

Essa máquina, na verdade, se trata de uma pequena ferramenta que é normalmente vendida por um valor super em conta (R$30, em média).

Com esse instrumento, você vai ter muito mais facilidade na hora de limpar a corrente da bike de forma segura - sem estragar a peça - e também sem precisar se sujar.

Como esta é uma tarefa que você precisa realizar mensalmente (no mínimo), vale a pena o investimento.

ferramenta para limpar corrente da bike
Aparelho que ajuda a limpar a corrente da bicicleta.
VER PREÇO NA AMAZON

Além dessa ferramenta, você também vai precisar de um removedor de graxa não inflamável (ou seja, nada de gasolina ou óleo diesel!), e uma garrafa plástica para diluir o produto com água.

Para fazer a diluição do produto, o ideal é que você siga as instruções do fabricante. Por isso, compre um removedor de graxa específico.

O processo vai se tornar bem mais simples se você já tiver um suporte para a sua bicicleta, pois você vai precisar deixá-la com a roda traseira livre, de modo que você possa girar a corrente na direção contrária enquanto realiza a limpeza.

Caso não tenha o suporte, o ideal é utilizar o descanso de pé de modo que a rodeira traseira fique livre.

Com tudo isso pronto, você vai colocar o produto diluído em água no compartimento da ferramenta, fechá-la na corrente e, então, começar a girar a corrente no sentido contrário.

Se você ficou confuso, não se preocupa! Encontramos esse vídeo que vai te ajudar a visualizar isso de forma mais simples:

O processo pode ser repetido algumas vezes até você perceber que a corrente da sua bike está realmente limpa!

Mas, caso você ainda não queira investir em uma ferramenta como esta para limpar a sua bicicleta, existe outro método.

Como limpar a corrente de forma simples

Neste segundo método, pode ser que você se suje um pouco. Mas, se esta for uma preocupação, recomendamos que você utilize luvas durante todo o processo.

Para isso, em vez de máquina de limpar correntes, você vai precisar apenas de uma escova de dentes (velha ou comprada apenas para sua bike) e uma esponja.

Vai ser necessário também, um desengraxante (removedor de graxa). Muitas pessoas recomendam produtos domésticos, como desengordurante de alumínio, mas o ideal é utilizar um produto específico para bicicletas!

Afinal, o produto específico foi fabricado justamente para esta função e ajuda na manutenção do cuidado com as peças da sua bike.

Em uma garrafa de água, você vai diluir o produto conforme orientação do fabricante. Mas, neste caso, você vai retirar a corrente da bike (por isso, use luvas!).

Coloque a corrente dentro da garrafa, feche e agite bastante, para começar a limpeza. Talvez pode ser necessário repetir esse processo algumas vezes!

Depois, você vai secar a corrente com um pano limpo o máximo possível e deixá-la no sol, de forma que possa secar totalmente antes de você seguir para o próximo passo: a lubrificação.

lubrificação da corrente de bicicleta

Como lubrificar corrente de bike após limpeza

Independente do método que você utilizar para limpar a corrente da bicicleta, após ela ser concluída, você precisa fazer a lubrificação.

A corrente seca (sem lubrificação) vai fazer muito ruído, trazer desconforto na hora de pedalar e, além disso, vai quebrar com muita facilidade.

Por isso, não basta apenas limpar bem a sua corrente, você precisa lubrificar.

Mas não se preocupe, pois, esta é uma etapa bem simples, na verdade.

Tudo que você vai precisa é deixar a sua corrente secar muito bem, pois ela não pode estar úmida, e aplicar uma gota de lubrificante em cada eixo da corrente. Com um pano limpo, você vai tirando o excesso para não acumular.

Mas, para lubrificar a corrente da forma adequada, você precisa comprar o lubrificante certo para o seu tipo de bicicleta.

Como escolher o lubrificante para a bicicleta?

Basicamente, existem três tipos de lubrificantes para corrente de bicicleta:

  • Óleo seco;
  • Óleo úmido;
  • Cera.

O primeiro é bem mais líquido e ao aplicar na superfície da corrente forma uma película como de uma cera. Ele é mais fácil de aplicar, inclusive, mas a sua durabilidade é menor.

Por isso, o óleo seco é o lubrificante adequado para os ciclistas adeptos da modalidade estrada (speed).

Já o óleo úmido é ideal justamente para ciclistas que utilizam a bike com bastante frequência e quem é adepto de MTB, pois estão mais propensos a condições adversas (chuva, poeira, lama).

O óleo úmido é mais denso, tem uma durabilidade bem maior e, consequentemente, exige mais paciência e atenção na hora de aplicar.

Por fim, a cera é um item mais versátil, que pode ser aplicada tanto na corrente, quanto em outras peças da bicicleta que precisam de lubrificação frequente.

No entanto, uma grande desvantagem da cera é que durabilidade é a menor de todas.

É por isso que nossa recomendação é que você utilize o óleo úmido, pois, embora demore um pouco mais para aplicar, ele vai durar muito mais tempo e vai resistir faça chuva, faça sol!

Agora que você sabe como limpar e lubrificar a corrente da sua bicicleta, é só continuar cuidando bem dela.

Essas medidas preventivas ajudam a prolongar a vida útil da sua bike, evitando prejuízos e dores de cabeça.